Edimilson Ramos
  • Masculino
  • Suzano
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Edimilson Ramos

  • Bianca...meu Deus é justo...owow
  • cristiano goes
  • Augusta da Costa
  • maria celene l. dos santos
  • Pra:Rita
  • Mariângela Domeniche Perdomo
  • Claudia Medeiros Alves Camargo
  • Theresinha
  • EDWIN KAKO VAZQUEZ
  • carina ligia da silva
  • joao henrique soares
  • thiago santana da silva
  • Arilane Lima
  • Lia   "Livre em Cristo" ❀‿❀
  • Elis Regina

Discussões de Edimilson Ramos

AS ENTRELINHAS

Started 16 Out, 2009

JÁ SOFREU DECEPÇÕES ?

Started 8 Set, 2009

Presentes recebidos

Presente

Edimilson Ramos ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Edimilson Ramos

Informações do Perfil

Dia/mês/Ano - (Nascimento)
estudantedeteologia.blogspot.com/

QUE É EXPERIêNCIA?

QUE É EXPERIÊNCIA?

A palavra experiência é uma das mais discutidas e difíceis de nossa tradição ocidental. Não poderemos aqui desdobrar todo o leque de seu rico significado. Restringir-nos-emos à perspectiva essencial que nos permite articular Deus como experiência dentro de nossa história pessoal e coletiva.Talvez a etimologia da própria palavra experiência nos forneça a primeira achega à sua compreensão. Experiência é a ciência ou o conhecimento (ciência) que o ser humano experimenta de forma dogmática e fundamentalista, portanto manifesta um sa¬ber não verificável, que não subsiste nem re-siste em con¬tato com a realidade experimentada.A ciência que resulta da ex-peri-ência não é mera sensa¬ção de um objeto. É a síntese de toda uma série de abordagens do objeto (peri: "ao redor de", "em torno de").

Já Aristóteles notara muito bem que a experiência {emparia) não resulta de uma percepção isolada, mas constitui uma síntese de muitas percepções e combinações reunidas, naquilo que possuem de comum, dentro de um modelo esquemático (Met. 980b). Pela experiência o objeto se faz cada vez mais presente dentro de quem quer conhecer, na medida em que ele se abre mais e mais ao objeto c o estuda de diferentes ângulos. Um médico experimentado é aquele que se confrontou muitas vezes com a mesma doença sob os mais diferentes sintomas, sob formas e circunstâncias as mais diversificadas a ponto de não mais se surpreender ou se enganar. Ele conhece simplesmente. Não tanto porque estudou em livros - isso também -, mas porque esteve às voltas, concretamente, com a doença e conheceu-lhe os sintomas.

O modelo que elaborou da doença, combinan¬do experiência vivida com ciência dos livros, é um modelo testado e verificado.Já vimos, da palavra ex-peri-ência, o sema peri (ao redor de).
Falta-nos analisar o sema ex. Ex é uma preposição lati¬na que significa, entre outros conteúdos, "estar orientado para fora", "exposto a", "aberto para". Temos, por exem¬plo, as palavras: ex-clamação, ex-posição, ex-istência. Neste sentido, ex exprime uma característica fundamental do ser humano como ex-istência. Ele é um ser que ex-iste vol¬tado para fora (ex), em diálogo e em comunhão com o outro ou com o mundo.

Daí ser a ex-peri-ência não apenas uma ciência, mas uma verdadeira consciência. O objeto se manifesta à consciência, segundo as leis estruturais dessa consciência. A ex-peri-ência nunca é sem pre-su-posições. A consciência tem já pré-su-posições, que são posições to¬madas historicamente ou herdadas da cultura dentro da qual estamos inseridos. A consciência não é vazia, mas toma modelos de interpretação do passado, da sociedade atual e da própria caminhada pessoal. Esses modelos povoam sempre a consciência. Quando a pessoa sai de si (ex) e vai ao encontro dos objetos, ela carrega toda essa carga.

A expe¬riência contém, pois, um elemento subjetivo (a ex-istência) e um elemento objetivo (os objetos). Nesse encontro de ambos, na modificação que se opera tanto na consciência como nos objetos, é que se estrutura a experiência. Os mo¬delos já presentes na consciência são confrontados, verificados e testados com a realidade. Podem se confirmar; mas podem também ser destruídos, corrigidos e enrique¬cidos. Experiência envolve todo esse processo doloroso e criativo.Resumindo, podemos dizer que experiência é o modo como interiorizamos a realidade e a forma que encontramos para nos situar no mundo junto com os outros. Assim entendida, a experiência deve, pois, ser distinguida da vivência.

A vivência é a situação psicológica, as disposições dos sentimentos que a experiência produz na subjetividade humana. São as emoções e valorações que antecedem, acompanham ou se seguem à experiência dos objetos que se fazem presentes no interior da psique humana. Vivência não é sinônimo de experiência. É conseqüência e resultado da experiência na psique humana. Ela pertence ao fe¬nômeno total da experiência, mas este é mais amplo e profundo do que aquele, a vivência.Se experiência é o modo como nos situamos no mun¬do e o mundo em nós, então ela possui o caráter de um horizonte. Horizonte é uma ótica que nos permite ver os objetos, um focai que ilumina a realidade e nos permite descobrir os distintos objetos dentro dela, nomeá-los, ordená-los no rigor de uma sistematização.

Por exemplo, atualmente na América Latina, estamos nos habituando a ver tudo sob a ótica da libertação ou da opressão, da inclusão ou da exclusão dos processos globais: a pedagogia, a teologia, a pregação, os sacramentos, os sistemas políticos e os projetos econômicos.

Perguntamo-nos quase instintivamente: Até que ponto essa doutrina liberta ou mantém o cidadão marginalizado e excluído? Até que ponto essa op¬ção econômica reforça a inserção no processo de globalização de forma subalterna e assim aprofunda o regime de dependência ou até que ponto rompe com ele e liberta historicamente? A libertação é um horizonte, uma ótica, uma experiência que nos faz descobrir os objetos na sua dimensão de libertação ou de opressão, de inclusão ou de exclusão. NOTA TEOLOGIA ATUAL.

Fotos de Edimilson Ramos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Vídeos de Edimilson Ramos

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Caixa de Recados (3 comentários)

Você precisa ser um membro de SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO para adicionar comentários!

Entrar em SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Às 21:21 em 5 abril 2010, Pastora-Psicanalista MÉRCES disse...


Mlhares de recados para orkut www.maniadescraps.com

Às 10:51 em 24 dezembro 2009, Lia "Livre em Cristo" ❀‿❀ disse...

Às 14:59 em 16 outubro 2009, Bianca...meu Deus é justo...owow disse...
obrigada....!!!!
 
 
 

Membros

Notas

AMADOS, LEIAM OS TÓPICOS A PARTIR DA PÁGINA PRINCIPAL E VAMOS PARTICIPAR MAIS DA NOSSA REDE. QUE DEUS VOS GUARDE E ABENÇOE.

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 15 Maio 2009 at 16:48. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 6 Dez, 2015.

CLICK BÍBLIA-DEBATES-TÓPICOS-FORUM

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago 2013 at 13:16. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago, 2013.

© 2018   Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço