Ah, Esperança! Quem me dera tê-la ao meu lado nestes dias! Vejo tanta aflição, desemprego, doença, solidão, violência, angustia, vazio na alma, opressão, culpa, pecado, falta de Deus... Ainda há Esperança!

A verdade é que vivemos em uma sociedade onde somos valorizados pela nossa performance cultural, física, financeira, profissional, de amizades, etc... Quem não é bom, ou boa, “ta fora”! Esta é a sentença, sumaria e implacável. Não importa quanto dinheiro você tenha, ou quem seja. Se você está doente, ou desempregado, etc., cedo ou tarde será esquecido. Afinal, o que você pode produzir?

No Livro Sagrado-“Bíblia” encontramos uma história registrada em “Lucas 15:11-32”, a parábola do filho pródigo. Ele foi ao seu pai e reivindicou sua herança. Depois, saiu para um lugar distante, fez muitos amigos e gastou todo o dinheiro com prazeres etc... Mas tarde, quando acabou o dinheiro, os amigos viraram as costas. Aí veio a solidão, o prazer virou culpa e tormento. A saída foi trabalhar alimentando porcos, e, da mesma comida que os suínos comiam, ele também. Mas um dia, esse rapaz lembra-se de que os trabalhadores de seu pai eram tratados com dignidade. Então, resolve voltar, mas para ser apenas um empregado. O final dessa história é que o pai recebe o filho com os braços abertos! Ao confessar haver pecado, o pai nem o ouve: manda trazer roupas finas, coloca-lhe um anel de ouro no dedo e prepara-lhe uma grade festa!

Nesta parábola, aquele pai é DEUS, e o filho somos todos NÓS. É da esperança desse Deus – que abre os braços e recebe o filho perdido – que estamos falando. Esperar contra a Esperança é saber que existe um Deus que não nos julga segundo as nossas performances, mas que abre os braços e nos recebe com festa. O Deus da Bíblia é um Deus que diz: “Eu é que sei os pensamentos que tenho a vosso respeito (...) são pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais” – Jeremias 29:11.

Nós também estamos esperando contra a Esperança, porque, se a esperança que nós temos na terra é saúde, riqueza, amizades etc., quão miseráveis somos! Isto tudo é importante, mas também passageiro. A Esperança conquistada na Cruz por Jesus Cristo é eterna; não há quem possa arranca-la das nossas mãos, se nela confiarmos.

Exibições: 46

Comentar

Você precisa ser um membro de SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO para adicionar comentários!

Entrar em SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Membros

Notas

AMADOS, LEIAM OS TÓPICOS A PARTIR DA PÁGINA PRINCIPAL E VAMOS PARTICIPAR MAIS DA NOSSA REDE. QUE DEUS VOS GUARDE E ABENÇOE.

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 15 Maio 2009 at 16:48. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 6 Dez, 2015.

CLICK BÍBLIA-DEBATES-TÓPICOS-FORUM

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago 2013 at 13:16. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago, 2013.

SAÚDE INTEGRAL

© 2020   Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço