E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos.E todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da sua boca; e diziam: Não é este o filho de José?

E ele lhes disse: Sem dúvida me direis este provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo; faze também aqui na tua pátria tudo que ouvimos ter sido feito em Cafarnaum. E disse: Em verdade vos digo que nenhum profeta é bem recebido na sua pátria. Em verdade vos digo que muitas viúvas existiam em Israel nos dias de Elias, quando o céu se cerrou por três anos e seis meses, de sorte que em toda a terra houve grande fome; E a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a Sarepta de Sidom, a uma mulher viúva. (Lucas 4:20-26)



Os fariseus e os religiosos olhavam para o Senhor Jesus com ar de superioridade por Ele ter vindo de uma camada social humilde. Como de costume, os hipócritas, reconheciam Sua autoridade espiritual, mas não a aceitavam, e com inveja em seus corações falavam muito mal dEle.

Mas o Senhor Jesus não se deixou intimidar por eles. Aqueles que são nascidos de Deus e cheios do Espírito Santo não têm medo de gente assim - eles entendem sua deficiência espiritual. Jesus falou com ousadia para quem quisesse ouvir sobre o período de fome em Israel quando, o povo não tinha o que comer, mas sim Naamã, o estrangeiro. Isso fez com que os fariseus ficassem extremamente zangados com Ele, ao ponto de querer jogá-lo penhasco abaixo.

Não é isso que acontece hoje também conosco? As pessoas nos olham com ar de superioridade porque elas não vêem capacidade em nós. Na verdade, elas gostam de nos criticar. É interessante notar que essas pessoas não nos deixam em paz – por exemplo, quando você não gosta de um restaurante, você simplesmente para de ir lá. Você não acampa na porta deste restaurante e continua a fazer uma cena do lado de fora para mostrar o quanto você odeia este lugar. E, no entanto, é isso que essas pessoas costumam fazer ... elas nos odeiam, mas fazem questão de verificar o que estamos fazendo, como se de alguma forma tivessem algum tipo de obsessão que as leva a procurar coisas para demonstrar seu ódio contra nós. Mas este ódio não é gerado por algo que fizemos, mas sim pelo próprio mal.

Por isso, aqueles que são nascidos de Deus, não tomam de forma pessoal o que seus "supostos inimigos" dizem. Eles entendem que os mesmos estão apenas sendo usados.

Exibições: 79

Comentar

Você precisa ser um membro de SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO para adicionar comentários!

Entrar em SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Membros

Notas

AMADOS, LEIAM OS TÓPICOS A PARTIR DA PÁGINA PRINCIPAL E VAMOS PARTICIPAR MAIS DA NOSSA REDE. QUE DEUS VOS GUARDE E ABENÇOE.

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 15 Maio 2009 at 16:48. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 6 Dez, 2015.

CLICK BÍBLIA-DEBATES-TÓPICOS-FORUM

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago 2013 at 13:16. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago, 2013.

SAÚDE INTEGRAL

© 2020   Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço