A Fé do paralítico de Cafarnaum é um grande exemplo de Fé que vence todos os obstáculos, pois o mesmo enfrentou um grande obstáculo, porém não desistiu e pela Fé venceu o grande obstáculo que se apresentou em sua frente alcançando assim a bênção almejada.

O QUE É A FÉ?

Segundo o Dicionário da Bíblia de Almeida Fé é confiança em Deus e em Cristo e na sua palavra (Mt 15.28; Lc 17.5). Apesar da importância do significado teórico da Fé, vale salientar que a prática da Fé é de suma importância na carreira cristã. Na Bíblia está escrito: Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam (Heb. 11.6). Porque Deus permitiu que fosse em sua palavra registrado o exemplo do paralítico de Cafarnaum? Para mostrar às futuras gerações a importância da prática da fé e de que quem confia neste Deus vence qualquer obstáculo que se apresente em sua frente.

O PARALÍTICO DE CAFARNAUM

Os evangelhos de Mateus 9.1-8, Marcos 2.1-12 e Lucas 5.17-26 narram o episódio ocorrido com o paralítico de Cafarnaum. A Bíblia não identifica nominalmente quem era o paralítico de Cafarnaum em nenhum dos evangelhos narrados, apenas menciona a cidade de Cafarnaum em que ele morava. Segundo o Dicionário da Bíblia de Almeida Cafarnaum era uma cidade que ficava junto ao Mar da Galiléia. Foi o centro das atividades de Jesus durante o seu ministério na Galiléia. Segundo o Dicionário da Bíblia de Almeida, paralítico é a pessoa que perdeu os movimentos, especialmente nas pernas. Eu fico a pensar: O que passava na cabeça daquele paralítico, tendo em vista a sua enfermidade ser incurável. Eu fico a pensar que aquele homem observava as pessoas próximas a ele andarem normalmente e quem sabe ele poderia pensar: Quando será o dia em que eu possa andar normalmente como as outras pessoas também?
Jesus Cristo havia chegado à cidade de Cafarnaum (Mc 2.1; Mt 9.1). A cidade de Cafarnaum tinha a presença de Jesus, o filho de Deus, o salvador da humanidade, enfim uma boa notícia. A boa fama de Jesus era uma realidade naquela região, pois, vieram ouvir a palavra de Jesus, fariseus e doutores da lei que tinham vindo de todas as aldeias da Galiléia, e da Judéia, e de Jerusalém (Luc. 5.17). Consequentemente o Paralítico de Cafarnaum teve conhecimento da boa notícia que foi a presença de Jesus em sua cidade Cafarnaum. Aquele paralítico não perdeu tempo, nem a boa oportunidade de mostrar a Jesus o seu grande problema. Se aquele paralítico teve a iniciativa de procurar a Jesus é porque consequentemente ele ouviu falar de Jesus. De Jesus se tinha conhecimento de que ele operava milagres, maravilhas, cura, salvação, expulsava demônios, enfim até o impossível aos homens era possível a ele. O Apóstolo Paulo escrevendo aos Romanos disse: De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus (Rm 10.17). A fé que nasceu no coração daquele paralítico veio pelo ouvir. O paralítico foi trazido em uma cama por quatro homens ao local aonde se encontrava Jesus. Jesus estava anunciando a sua palavra (Mc 2.2). Ao chegar ao local aonde se encontrava Jesus apareceu o primeiro obstáculo: a casa em que Jesus encontrava-se tinha uma grande multidão de pessoas ao ponto de torna-se inviável fisicamente chegar à presença de Jesus.
Diante do paralítico trazido por quatro homens estava o grande desafio: Voltar atrás, desistir, desanimar diante daquele obstáculo e ser vencido pelo mesmo ou persistir, perseverar, continuar, não desistir, avançar diante daquele obstáculo e vencê-lo pela fé. Porém, diante dessas duas opções, o paralítico trazido por aqueles quatro homens optaram por não voltar atrás, não desistir, continuar, avançar diante daquele obstáculo e vencê-lo pela fé. Posteriormente tiveram uma iniciativa: Subiram ao telhado e, por entre as telhas, o baixaram com a cama até ao meio, diante de Jesus, conforme está escrito (Luc. 5.19). Diante dessa iniciativa a História passa a ter um novo desdobramento. Na Bíblia está escrito: E Jesus, vendo a fé deles, disse ao paralítico: Filho tem bom ânimo; perdoados te são os teus pecados (Mt 9.2). Eu faço a seguinte indagação: Porque Jesus viu a fé deles? Porque aquele paralítico juntamente com aqueles quatro homens diante do obstáculo ora enfrentado não desistiram, não desanimaram, não recuaram, mas avançaram tendo a inciativa de subir pelo telhado e por entre as telhas, o baixaram com a cama até ao meio, diante de Jesus. Isso é que é fé que vence todos os obstáculos, ao ponto de ser admirada por Jesus. Em outras palavras Jesus estava dizendo para aquele paralítico: É essa fé que eu admiro no homem, fé que não vê obstáculos, fé que não recua, fé que não desanima, fé persistente, fé viva, fé que remove montanhas, fé inabalável, fé que vence, fé que não vê o impossível, fé que avança diante dos obstáculos, fé vitoriosa.
Por causa de sua fé viva, inabalável, aquele paralítico de Cafarnaum recebeu o perdão dos pecados e a cura daquela paralisia, deixando-nos o exemplo de que vale a pena confiar no Deus do impossível.

Exibições: 419

Comentar

Você precisa ser um membro de SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO para adicionar comentários!

Entrar em SAÚDE DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Membros

Notas

AMADOS, LEIAM OS TÓPICOS A PARTIR DA PÁGINA PRINCIPAL E VAMOS PARTICIPAR MAIS DA NOSSA REDE. QUE DEUS VOS GUARDE E ABENÇOE.

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 15 Maio 2009 at 16:48. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 6 Dez, 2015.

CLICK BÍBLIA-DEBATES-TÓPICOS-FORUM

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago 2013 at 13:16. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago, 2013.

SAÚDE INTEGRAL

© 2019   Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço