1jl49cz30u016

Mensagens de Reflexão

Informação

Mensagens de Reflexão

Grupo destinado a trocar mensagens de amor 

ao próximo.


Site: http://saude-espirito-alma-corpo.ning.com
Membros: 22
Última atividade: 3 Jul, 2013

Quem somos nós? Seríamos força ou fragilidade? Sei que somos individualidade, sei que vivemos solidão, mas não desejamos solidão. Pelo bem ou pelo mal, vivemos uns pelos outros. Assim, seja o que formos, cada um de nós haverá de ser parte integrante de um todo. Na harmonização das relações individuais, nesta coletividade está o desafio. Na utópica promessa ou realidade futura, ou mera esperança da congregação e manter a individualidade. E todos serão um, mas cada um haverá de ser um. Talvez exista luz oculta, pois que ainda somos cegos aos seus raios. Talvez este lume esteja mais próximo que imaginamos. Talvez na trilha do coração. E o coração está no corpo, mas vive pela alma, por isto vê por percepções. Nas descobertas da mente e esta sorri por realizar o que antes apenas imaginava. E nesse gozo do espírito, aquele que um dia quis apenas ser águia fica feliz em ser parte pomba também, pois reúne força e mansidão. E esta parte pomba se diverte por ver-se a voar como a parte que é águia. Nestes símbolos vê a águia como o arrojo dos pensamentos, a pomba com a suavidade dos sentimentos. E neste instante, a ilusão invade a realidade e nem águia, nem pomba, um homem que ganha asas, que muta-se em anjo de luz a caminho das estrelas.

Fórum de discussão

Este grupo ainda não possui nenhum tópico.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Mensagens de Reflexão para adicionar comentários!

Comentário de Mônica Sampaio de Melo em 14 fevereiro 2012 às 19:48

Olá!
Vim te convidar a ler:
- "NADA TEM SIGNIFICADO" - www.locucao-monicasampaio.blogspot.com
- "ALIMENTADO PELO CORVO: HUMILHAÇÃO OU PROVISÃO SOBRENATURAL" - www.docoracaodedeusparaoseucoracao.blogspot.com
- 'LUIZ FERNANDO VERÍSSIMO DESCE O PAU NO BBB! PARABÉNS!" -
www.monica-sampaio.blogspot.com

OBRIGADA PELA ATENÇÃO!
Participe:
- Comunidade DO CORAÇÃO DE DEUS PARA O SEU CORAÇÃO no Orkut:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=92377762
- Comunidade ENTREGUEI A MINHA VIDA A JESUS:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=119508792
- Comunidade RADIALISTAS DE CRISTO:
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=49996804
- Comunidade CURSO DE LOCUÇÃO* MÔNICA SAMPAIO: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=67345105
- Comunidade NÃO BEBO, NÃO FUMO NEM ME DROGO: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=80676397

GRUPO DO CORAÇÃO DE DEUS PARA O SEU CORAÇÃO no SAÚDE DO ESPÍRITO , ALMA E CORPO:
http://saude-espirito-alma-corpo.ning.com/group/do-coracao-de-deus-...

Mônica Sampaio

Comentário de Valnice em 10 junho 2011 às 16:22
Eu creio no Deus que fez os homens, e não no Deus que os homens fizeram.
Comentário de Pastora-Psicanalista MÉRCES em 6 abril 2011 às 11:34
QUE O PAI CELESTIAL, OS GUARDE E OS ABENÇOEM SEMPRE.
BEIJOS DE CARINHO. Pra. Mérces
Comentário de Angela Fernandes Camarano em 4 abril 2011 às 12:38
PANTA REI= TUDO MUDA


O pessimista queixa-se do vento, o otimista espera que ele mude, e o realista ajusta as velas. (Willian George Ward)

PANTA REI = TUDO MUDA
Compartilhando a arte e o ensinamento ao desapego.

É um trabalho impressionante dos monges budistas que fazem as mandalas de sal colorido. Feitas com o maior cuidado e com a maior dedicação, elas são desmanchadas logo depois
de prontas para demonstrar a transitoriedade das coisas na vida, mesmo
que elas exijam o maior esforço. Assim é que nós devemos encarar o
dia-a-dia. E sempre prontos para começar tudo de novo, se preciso for.

Perca o referencial de vez em quando.
Saia de sua zona de conforto.
Dê oportunidade ao imprevisível.
Nada é mais certo do que a incerteza.
As coisas têm o valor que nós damos a elas..

"Panta Rei" é uma expressão do pensador Heráclito, que significa TUDO MUDA (tudo flui, nada persiste) - e ele usava como metáfora filosófica a ideia de pisar num Rio, que um milésimo de segundo depois de pisado, já
não era mais feito da mesma água.

A Saúde - A nossa maior dádiva!
A Oração - A solução para os dias atuais com a Terra em transição!
A Paz - Busque-a na sua Energia Vital, no interior do seu ser!
O Amor - O elo, a razão e o entendimento para tudo!
O Perdão - A ascensão espiritual!
O Trabalho - É o nosso estímulo!
A Humildade - É a sabedoria!
O Orgulho - é a maior DOENÇA da ALMA!
Comentário de loris ap. r. chaves em 3 abril 2011 às 22:00
certeza eA história é muito antiga, mas não menos curiosa.
Algumas tribos africanas utilizam um engenhoso método para capturar macacos. Como estes são muito espertos e vivem saltando nos galhos mais altos das árvores, os nativos desenvolveram o seguinte sistema:
1)Pegam uma cumbuca de boca estreita e colocam dentro dela uma banana.

2) Em seguida, amarram-na ao tronco de uma árvore freqüentada por macacos, afastam-se e esperam.

3) Após isso, um macaco curioso desce, olha dentro da cumbuca e vê a banana.

4) Enfia sua mão, apanha a fruta, mas como a boca do recipiente é muito estreita, ele não consegue retirar a banana.


Surge um dilema: se largar a banana, sua mão sai e ele pode ir embora livremente, caso contrário, continua preso na armadilha. Depois de um tempo, os nativos voltam e, tranqüilamente, capturam os macacos que teimosamente se recusam a largar as bananas. O final é meio trágico, pois os macacos são capturados para servirem de alimento.
Você deve estar achando inacreditável o grau de estupidez dos macacos, não é? Afinal, basta largar a banana e ficar livre do destino de ir para a panela. Fácil demais... O detalhe deve estar na importância exagerada que o macaco atribui à banana. Ela já está ali, na sua mão... parece ser uma insanidade largá-la.
Essa história é engraçada, porque muitas vezes fazemos exatamente como os macacos. Você nunca conheceu alguém que está totalmente insatisfeito com o emprego, mas insiste em permanecer mesmo sabendo que pode estar cultivando um enfarto? Ou alguém que trabalha e não está satisfeito com o que faz, e ainda assim faz apenas pelo dinheiro? Ou casais com relacionamentos completamente deteriorados que permanecem sofrendo, sem amor e compreensão?
Ou pessoas infelizes por causa de decisões antigas, que adiam um novo caminho que poderia trazer de volta a alegria de viver? A vida é preciosa demais para trocarmos por uma banana - que, apesar de estar na nossa mão, pode levar-nos direto à panela.
Por isso pessoal:
É hora de mudar e pensar de uma maneira diferente. Se você não está obtendo o que você quer, mude a estratégia...
Comentário de Angela Fernandes Camarano em 27 março 2011 às 21:08
DEFICIÊNCIAS - Mario Quintana (escritor gaúcho 30/07/1906 - 05/05/1994).

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.
"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.
"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.
"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.
"Diabético" é quem não consegue ser doce.
"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

“A amizade é um amor que nunca morre”.
Comentário de elizabeth martins cozzi em 24 março 2011 às 21:20
A palavra de DEUS tem poder e acalma o nosso espiríto!A oração é o alimenta de nossas almas!
Comentário de Angela Fernandes Camarano em 21 março 2011 às 19:33
Eu comigo mesma.
Geralmente nos é ensinado que devemos dar para receber. Como é difícil compreender essa frase e o que ela realmente quer dizer para nós, saímos dando tudo o que estiver ao nosso alcance: amor para não ficar sem amor, dinheiro para ganhar mais dinheiro, cuidar do doente para que na nossa vez também alguém nos cuide, fazemos as vontades dos idosos porque ficaremos idosos e temos medo do fim, e assim por diante. Mas acontece tudo ao contrário do que imaginávamos, a recíproca de pés de barro cai ao chão e temos de fazer nosso próprio chá.
As pessoas estão cada vez mais sozinhas e isoladas. No Japão, atualmente, o nascimento de crianças decresceu, as indústrias de brinquedos resolveram explorar um segmento novo de clientes para adquirirem seus produtos: os adultos e idosos. Não porque sentiram compaixão, nem porque seus brinquedos iriam fazer a alegria deles, mas sim porque as vendas lhes dariam bons lucros, e o que vai ser explorado é justamente a solidão.
Li uma reportagem hoje na BBC-Brasil sobre isto e fiquei refletindo sobre a necessidade de uma senhora de 60 anos precisar de uma boneca que lhe diz “eu amo você” ou “que bom que você chegou”. O que será que faltou a essa senhora ou o que ela não desenvolveu dentro de si para chegar a uma idade de sabedoria e precisar de uma boneca?
Vejo as pessoas fazendo de tudo para não ficarem sozinhas, casam com quem não gostam, namoram trastes que lhe roubam energia, tempo e algumas vezes dinheiro, também. Qualquer pessoa lhes serve de amigo e lhes fazem companhia, pode até mesmo ser pessoa pouco virtuosa com padrão energético baixo e um pouco vampiro. Afinal, o que importa não é a qualidade do encontro e sim não estar sozinho.
Outras pessoas colocam suas vidas nas mãos do outro, e geralmente aquele que pega também está querendo colocar a sua vida na do outro. O Resultado é uma catástrofe de solidão a um, a dois, a três ou até com muitas pessoas.
Ainda tem aqueles que não conseguem sair do convívio familiar, mesmo caótico, desamoroso, onde um serve-se do outro. É ruim com eles pior sem eles. Esse dito popular é o pior de todos para mim.
São situações difíceis, reconheço. Envolve muitos fatores, inclusive as crenças religiosas ou não, e os costumes culturais da onde e da época em que a pessoa vive. Mas, não é impossível sair de tudo isto e fazer um caminho novo, um caminho de crescimento buscando a luz interior.
As pessoas investem muito pouco em si mesmas, preferem a ignorância sobre si a confrontar-se com seus medos e limitações. As prioridades são sempre contrárias ao caminho de crescimento e a lista de desculpas é enorme, algumas até com argumentos lógicos, para acalmar a cabeça das cobranças, não vem do coração. Uns acham dispendioso ou não sabem o que fazer, outros dizem que fulano fez e não deu certo ou precisam estar seguros, e por aí vai.
Segurança, como se a vida desse alguma segurança... Podemos morrer, sermos abatidos por catástrofes ou experimentarmos enorme felicidade a qualquer momento, não sabemos quando essas coisas chegarão até nós.
Medo e necessidade de segurança impedem uma reação para que se busquem caminhos alternativos para maior qualidade de vida, com prazer, amor e trabalho, gratificantes.
O medo de encarar a si mesmo é muito grande. O Minotauro interior, aquele monstro a ser vencido, é sempre visto maior que a gente. O mais fácil é deixar a vida passar e ficarmos quietinhos para que nada se mexa ou saia do lugar onde pusemos. Quando abrimos os olhos a vida passou. Os 60 anos chegaram e temos de comprar uma boneca para não nos sentirmos sozinhos e abandonados.
Ser feliz consigo mesmo é um aprendizado que começa por conhecer nossas limitações, ir se desvencilhando delas e alcançando gradativamente o patamar superior de desenvolvimento humano. Não há como queimar etapas ou uma poção mágica a tomar para que aconteça mais rápido. A gente tem o tempo da gente. Para uns demora mais para outros menos, mas todos podem chegar a serem seus próprios nutridores.
Desenvolver uma habilidade da qual gostamos também é essencial, desde que seja para nós mesmos, informática, escrever, jardinagem, artes plásticas, música, seja ela qual for tem que ser com muita paixão e garra. Quando nos construímos e desenvolvemos uma habilidade não há dia sem o que fazer, monótono ou sem o que curtir, sempre haverá coisas novas a serem saboreadas e alcançadas.
Nessa caminhada se pessoas aparecerem para compartilhar um momento ou muitos momentos de intensa alegria e felicidade será um presente da Existência, a ser experienciado sem apego ou posse. Se não aparecerem ou até aparecerem estaremos prontos para brincar conosco mesmo em solitude e sem sofrimento.
Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar.
A fé não precisa de respostas, só de direção.
Nunca ande pelo caminho traçado, pois ele conduz somente até onde os outros foram ...

Dai-me Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço.

"... Entrego, Confio, Aceito e Agradeço..."
Comentário de Angela Fernandes Camarano em 14 março 2011 às 22:46
O nó do afeto


Em uma reunião de Pais, numa Escola da Periferia, a Diretora ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos. Pedia-Ihes, também, que se fizessem presentes o máximo de tempo possível.

Ela entendia que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhasse fora, deveriam achar um tempinho para se dedicar a entender as crianças.

Mas a diretora ficou muito surpresa quando um pai se levantou a explicou, com seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem de vê-lo durante a semana.

Quando ele saía para trabalhar, era muito cedo e o filho ainda estava dormindo. Quando ele voltava do serviço era muito tarde e o garoto não estava mais acordado.

Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para prover o sustento da família. Mas ele contou, também, que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho a que tentava se redimir indo beijá?lo todas as noites quando chegava em casa.

E, para que o filho soubesse da sua presença, ele dava um nó na ponta do lençol que o cobria.

Isso acontecia, religiosamente, todas as noites quando ia beijá-lo. Quando o filho acordava e via o nó, sabia, através dele, que o pai tinha estado ali e o havia beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles.

A diretora ficou emocionada com aquela história singela e emocionante.

E ficou surpresa quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da escola.

O fato nos faz refletir sobre as muitas maneiras de um pai ou uma mãe se fazerem presentes, de se comunicarem com o filho.

Aquele pai encontrou a sua, simples, mas eficiente. E o mais Importante é que o filho percebia, através do nó afetivo, o que o pai estava lhe dizendo.

Por vezes, nos importamos tanto com a forma de dizer as coisas e esquecemos o principal, que é a comunicação através do sentimento. Simples gestos como um beijo a um nó na ponta do lençol, valiam, para aquele filho, muito mais que presentes ou desculpas vazias.

É válido que nos preocupemos com nossos filhos, mas é importante que eles saibam, que eles sintam isso. Para que haja a comunicação, é preciso que os filhos "ouçam" a linguagem do nosso coração, pois em matéria de afeto, os sentimentos sempre falam mais alto que as palavras.

É por essa razão que um beijo, revestido do mais puro afeto, cura a dor de cabeça, o arranhão no joelho, o ciúme do bebê que roubou o colo, o medo do escuro. A criança pode não entender o significado de muitas palavras, mas sabe registrar um gesto de amor. Mesmo que esse gesto seja apenas um nó. Um nó cheio de afeto e carinho.

E você... já deu algum nó no lençol de seu filho, hoje?
Comentário de Maria Helena silva em 6 março 2011 às 19:49
[link=http://www.supermensagens.net][/link]

[b]Recados para Orkut? http://www.supermensagens.net[/b]
 

Membros (22)

 
 
 

Membros

Aniversários

Notas

AMADOS, LEIAM OS TÓPICOS A PARTIR DA PÁGINA PRINCIPAL E VAMOS PARTICIPAR MAIS DA NOSSA REDE. QUE DEUS VOS GUARDE E ABENÇOE.

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 15 Maio 2009 at 16:48. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 6 Dez, 2015.

CLICK BÍBLIA-DEBATES-TÓPICOS-FORUM

Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago 2013 at 13:16. Atualizado pela última vez por Pastora-Psicanalista MÉRCES 9 Ago, 2013.

© 2017   Criado por Pastora-Psicanalista MÉRCES.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço